Este portal não gerencia cookies de perfilamento, mas usa cookies técnicos para a autenticação, navegação e outras funções. Navegando, você aceita receber cookies no seu dispositivo. Visualiza todas as informações.
Italiano Inglês Francês Português Espanhol

"A Dieta Mediterrânica pode retardar o envelhecimento do DNA"

  • Quinta-feira, Março 29 2018

Pesquisadores britânicos seguiram a saúde de 5 mil pessoas por dez anos

Que a dieta mediterrânea faz bem é bem conhecida. A verdadeira novidade é que essa mesma dieta retarda o "envelhecimento" de seu próprio DNA. Isto é confirmado por um estudo de inglês relatado pelo site In a Bottle (www.inabottle.it) em um estudo sobre nutrição e saúde.
A descoberta vem de pesquisadores da Universidade de Exeter, na Grã-Bretanha, que acompanham o estado de saúde da 10 há anos, concluindo que "aqueles que seguem a famosa dieta mediterrânea ajudam seu DNA a permanecer jovem e saudável". . A descoberta veio da observação dos telômeros, que são os 'protetores' do DNA cujo encurtamento progressivo está relacionado ao envelhecimento celular e a numerosas doenças relacionadas à idade. De fato, o estudo mostra que "aqueles que comem de acordo com as regras da dieta mediterrânea mantêm os telômeros mais longos e saudáveis, retardando o envelhecimento genético dos cromossomos e protegendo o DNA de várias doenças".


o mipaaf criaMeddiet - O portal da Dieta Mediterrânea "é um projeto da Universidade de Roma Unitelma Sapienza, feito com cAtributo do Ministério da Política Agrícola, Alimentar e Florestal - Portaria nº. 93824 de 30 de dezembro de 2014 e atualizado em 2018 em colaboração com o CREA - Centro de Pesquisa em Alimentação e Nutrição.

Viale Regina Elena, 295 - 00161 Roma
Tel. 06-81100288 Fax 06-6792048
PI 08134851008
Política de Privacidade